Scusa Ma Ti Chiamo Amore – California Films, 2008

Leve e simples. Essas duas palavras definem o filme italiano Lição de Amor (Scusa Ma Ti Chiamo Amore, 2008), dirigido por Federico Moccia. Como eu já disse em outro post e repeti inúmeras vezes, a tradução do título estragou a beleza do significado do original italiano. Além disso, já existem pelo menos mais dois filmes com o mesmo nome: o brasileiro Uma Lição de Amor (1975), de Eduardo Escorel, e Uma Lição de Amor (I Am Sam, 2001), com Sean Penn. Mas não o assisti por causa do título traduzido, e sim porque li o livro de Federico Moccia e me apaixonei pelo enredo e pelos personagens. A história de um publicitário de 37 anos que se encanta por uma jovem de 17 e passa a viver com ela dias e noites de amor e aventura pode parecer previsível depois de já termos visto isso um milhão de vezes em novelas brasileiras. Mas tudo muda quando os personagens são acompanhados por uma trilha sonora de músicas italianas românticas, um idioma gostoso de ouvir e personagens que realmente mostram o que é a cultura italiana (esqueça o que viu em Terra Nostra e Passione). Romance é a base do filme do começo ao fim. Sem comédias ou dramas.

Na produção, Alex (Raoul Bova), 37 anos, acabou de ser abandonado pela namorada de anos e se afoga no trabalho. Quando bate seu carro na moto de Nikki (Michela Quattrociocche), de 17 anos, sua vida muda completamente. A menina é linda, mas ainda frequenta a escola, é impulsiva e imprevisível de um jeito que o prende cada dia mais a ela. O inevitável acontece e eles se apaixonam. O filme retrata como os dois se adaptam ao novo romance. Ela e as amigas ainda descobrindo o que querem fazer da vida e ele com os colegas mais velhos casados e com filhos. Todos lidando com descobertas e decepções amorosas. Um dos amigos de Alex sente tanto ciúme da esposa que decide contratar um detetive para segui-la. Outro é cafajeste até o último fio de cabelo. Entre as amigas de Nikki, há aquela que ainda é virgem e espera pelo príncipe encantado e também há a que não perde tempo quando vê um homem. A história se torna um pouco superficial quando transformada em cinema, pois no livro há mais personagens e histórias paralelas que enriquecem o enredo, mas ainda assim não perde o brilho. O foco está em como o amor vence barreiras, principalmente a da idade, quando é verdadeiro. Pelo que percebi ao assistir ao filme, Alex não cometeu um crime ao dormir com uma garota de 17 anos, pois a lei somente se aplicaria se ela tivesse 16 anos (Mas não sei se é realmente isso).

Os diálogos são um pouco fracos e parece que os tempos de silêncio entre uma cena e outra são muito longos, o que pode ser um pouco entediante. Cenário perfeito (Roma, na Itália), atores nem tanto. Gostei de Raoul Bova como Alex, mas achei Michela Quattrociocche um pouco forçada, caricata demais. O resto do elenco é composto por Michelle Carpente, Francesca Ferrazzo, Beatrice Valente e Francesco Apolloni. Uma das coisas que gostei muito foram as frases inspiradas em famosos pensadores e filósofos ditas pelo narrador ao longo do filme. Como eu disse no início, Scusa Ma Ti Chiamo Amore é leve. Não espere ver uma superprodução hollywoodiana com efeitos especiais e lágrimas de amor a cada cinco minutos. É um filme para assistir em uma tarde sem muito o que fazer. E eu gostei!

 

About these ads

  1. Fabiana

    Concerteza um dos melhores filmes que eu já vi!
    Muito bom, e simples! Nada forçado e nem dramatico como mostram muitos filmes estadunidenses!

    Adorei e a trilha sonora é lindaaa

  2. esamulher é encantada sifoseminha eu faria ela felissssssssssssssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: